Questões de privacidade em uma grande empresa de investimentos em New York estão levando funcionários a pedir seus BlackBerrys de volta :D.

New York

Em um texto muito interessante, Tom Kaneshigi escreveu no site “CIO” que um executivo de TI em uma grande e conhecida empresa de investimentos de New York, presencia 60% de seus funcionários pedindo para voltar a utilizar BlackBerrys. :D.

Com o título: “Trabalhadores móveis: ‘Eu quero o meu BlackBerry Voltar’ “, o texto mostra que em razão da maioria dos smartphones não ter sido projetado para o mercado corporativo, um dos resultados ao utilizar dispositivos comuns em um ambiente gerenciado, é o acesso total e irrestrito aos dados depositados nele.

Outra reclamação comum é o fato de gerenciadores de dispositivos móveis, terem acesso a localização dos aparelhos, podendo ainda ativar câmera, microfones e etc.

Na prática, foi adotada por esta empresa uma iniciativa (BYOD), aonde se permite que cada funcionário traga seu próprio dispositivo para ser gerenciado pela empresa, entretanto a falta de privacidade, acabou gerando uma revolta, aonde muitos pediram para voltar a utilizar BlackBerry corporativo.

O gerente de TI que prefere se manter em anonimato afirmou: “É um pesadelo”. Disse também que tentou quatro serviços diferentes de gerenciamento MDM, entretanto cada um deles apresentou uma falha diferente, por vezes, um apresentou uma solução contentorizada impressionante, mas não funcionou com notificações push para e-mail. Outra não deixaria vendedores enviar e-mail de dentro do aplicativo Salesforce ou abrir um PDF com GoodReader.

————————————–

O gerente de TI também afirmou:

“O fracasso desses sistemas tem a ver com pequenas coisas que levam os usuários louco”.

“Nós somos uma empresa de investimento com uma centena e poucos macacos, todo mundo é super inteligente, todo mundo é uma prima donna, e é muito difícil para acomodá-los”.

—————————————

Enfim, com dispositivos Android, observou-se que alguns aplicativo e gerenciamento MDM drenavam suas baterias em questão de horas.

Já os iPhones, que diga-se, nunca foram projetados para uso comercial, foi feito apenas para um usuário e não para um usuário e um administrador, acabava permitindo acesso total e irrestrito a todo o conteúdo do dispositivo ao gerenciador MDM.

O resultado??? Aproximadamente 60% dos funcionários desta grande empresa de investimentos estão querendo seus BlackBerrys corporativos de volta.

No caso dos BlackBerrys gerenciados pelo BlackBerry Enterprise Service 10, utilizando-se o recurso EXCLUSIVO BlackBerry Balance, permite que arquivos pessoais fiquem separados dos profissionais, não havendo portanto necessidade de um controle que invada a privacidade dos usuários.

Com BlackBerry 10 você pode utilizar facebook, twitter, assistir seus vídeos, fotos e tudo mais o que desejar sem comprometer qualquer arquivo do meio profissional, pois ambos ficam separados como se estivessem em dois smartphones diferentes.

Enfim, é muito bom ver a informação divulgada pelo site CIO e Tom Kaneshigi, o que só vem mais uma vez confirmar que não há qualquer dispositivo que supere os BlackBerrys e BES (BlackBerry Enterprise Service) para o mercado corporativo.

Fonte: Site CIO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s