Blackberry Headquarters

Hoje pela manhã a BlackBerry anunciou seu resultado fiscal Q1 2015. Para quem não sabe, os resultados fiscais são divulgados a cada 03 (três) meses e representam a atual situação financeira da empresa, com valores em caixa, investimentos, vendas e etc.

—————————————–

Pois bem… Os destaques do anuncio foram os seguintes:

* “Caixa e investimentos patrimoniais de US $ 3,1 bilhões no final do primeiro trimestre fiscal, ante US $ 2,7 bilhões no trimestre anterior.”

* “Ajustado Q1 margem bruta de 48%, um aumento de 43% em relação ao trimestre anterior.

* “Redução despesas operacionais ajustadas em 57% relação ao ano anterior e de 13% no trimestre.”

* “Lançou com sucesso o novo dispositivo Z3 na Indonésia; 8 países adicionais a seguir.”

* “EZ Programa Passe resultou em um total de 1,2 milhões de licenças emitidas para BES10, incluindo mais de 10% das licenças totais negociados em plataformas de gerenciamento de dispositivos móveis dos concorrentes.”

* “Lançou o Projeto Ion focada na “Internet das coisas” mercado.”

(Obs: Destaque em negrito nosso).

——————————————–

“Receita Resultados Q1 para o primeiro trimestre do ano fiscal de 2015 foi de 966.000 milhões de dólares, queda de US $ 10 milhões ou 1% de 976 milhões de dólares no trimestre anterior. A composição da receita do trimestre foi de aproximadamente 39% em hardware, 54% para os serviços e 7% para software e outras receitas. Durante o primeiro trimestre, a Companhia reconheceu receita de hardware em aproximadamente 1,6 milhões de smartphones BlackBerry em comparação com cerca de 1,3 milhões de smartphones BlackBerry no trimestre anterior. Durante o primeiro trimestre, aproximadamente 2,6 milhões de smartphones BlackBerry foram vendidos através de clientes, que incluíram embarques feitos e reconhecidos antes do primeiro trimestre e que reduziu estoques da Companhia no canal fim.”

O lucro líquido GAAP para o primeiro trimestre foi de US $ 23 milhões, ou $ 0,04 lucro por ação (“EPS”). O lucro líquido inclui os rendimentos não-caixa associado com a mudança no valor justo das Debêntures 287,000 mil dólares (o “Q1 Fiscais 2.015 Debêntures Ajuste Valor Justo”) e encargos de reestruturação antes de impostos de $ 226.000.000 relativos à otimização de custos e de recursos Programa de Eficiência (“core”). Excluindo esses itens, a perda ajustada para o primeiro trimestre foi de US $ 60 milhões, ou US $ 0,11 por ação. Esses impactos no lucro líquido GAAP e EPS são resumidas na tabela abaixo.”

O total de dinheiro, equivalentes de caixa de curto prazo e investimentos de longo prazo foi de 3,1 bilhões dólares em 31 de maio de 2014, em comparação para US $ 2,7 bilhões ao final do trimestre anterior – um aumento líquido de $ 429.000.000. Excluindo-se o recebimento de um reembolso de imposto de 397.000.000 $ e proventos da venda de imóveis de 287,000 mil dólares, a Companhia utilizou 255.000 mil dólares no primeiro trimestre. Isso representa uma redução de 784.000.000 $ usado no último trimestre, após a exclusão de receitas de US $ 250 milhões referentes a emissão de dívida conversível. Obrigações de compra e outros compromissos totalizaram aproximadamente US $ 1,8 bilhões, em 31 de maio de 2014, com ordens de compra com os fabricantes de contrato representando aproximadamente $ 317,000,000 do total.”

(Obs: Destaque em negrito nosso).

—————————————-

“Nosso desempenho no 1 º trimestre fiscal demonstra que estamos no bom caminho para atingir marcos importantes, incluindo os nossos objetivos financeiros e entregar um forte portfólio de produtos”, disse John Chen, presidente executivo e Chief Executive Officer da BlackBerry. “Ao longo dos últimos seis meses, temos focado na melhoria da eficiência em todos os aspectos de nossas operações para conduzir reduções de custos e melhoria de margem. Olhando para a frente, estamos nos concentrando em nosso plano de crescimento para ativar o nosso retorno à lucratividade.”

—————————————–

Agora vamos as considerações…

Pelo visto a BlackBerry continua no caminho certo para a reestruturação e obtenção de lucro no mercado de smartphones, só que desta vez, crescendo também com a oferta de serviços como o BES (BlackBerry Enterprise Service) e BBM.

Em minha opinião foi bastante animador ver que “caixa e investimentos patrimoniais” cresceu praticamente US $400.000.000,00 (Quatrocentos milhões de dólares), uma vez que o resultado fiscal Q1 2015 apresenta US $3,1 Bilhões de dólares ante o trimestre anterior de US $2,7 Bilhões de dólares.

Um aumento de 43% na margem bruta quando comparado ao trimestre anterior também é um dado bastante importante, demonstra que a BlackBerry vem batalhando de forma correta e esta conseguindo reverter sua fase de baixa.

Cortes nas despesas, sucesso na venda do BlackBerry Z3 e aquisição de mais 1,2 milhões de usuários no BES 10 é um sucesso :D.

É extremamente importante observarmos que o BlackBerry Z3 será lançado em mais 08 Países, que outras grandes empresas estão adotando o BES (BlackBerry Enterprise Service) e que o BBM chega para Windows Phone em breve, pois tudo isso tende a aumentar ainda mais as vendas da empresa, dados que não estão computados nesse resultado fiscal.

Ressalta-se também o fato de que os resultados apresentados estão acima do esperado pelo mercado, o que demonstra mais uma vez que a BlackBerry esta agindo rapidamente para atingir novamente um excelente nível de lucratividade :D.

Conto com os comentários de vocês, o que vocês acham deste resultado ???

Fonte: Site de notícias oficiais BlackBerry.

Anúncios